31/10/2010



O título deste post é uma frase do André Marques dita em uma reportagem para o site EGO.



Acabei que voltando este post para o “André”, porque fiquei super gripada e fiquei afastada do trabalho na quinta e sexta-feira. Como não tinha nada para fazer passei a tarde toda vendo televisão e tomei um susto quando vi o Apresentador do Vídeo Show enooorme daquele jeito. Queridos, ele havia feito um regime e tinha conseguido emagrecer 26 kg. É triste ver isso porque só desanima aqueles (eu) que estão na luta. Ele mesmo, o André, admitiu que para se manter magrinho era muito caro, claaaaaro, para conseguir esses 26 kgs a menos ele se submeteu a 40 dias de acompanhamento por dois personal trainers, nutrologista especialidade esta que eu nem sabia que existia e não pode ser confundida com nutricionista, foi acompanhado também por psiquiatra, fisioterapeuta, dois cirurgiões plásticos – ele não fez lipoaspiração, mas foi acompanhado por eles e por outros profissionais da Clínica Santé.


Eu só com um personal já estava feliz rsssss.
Entendo o André perfeitamente, pois estou gastando uma boa grana cuidando apenas do cabelo e da pele, imagina se incluir mais alguma coisa, estou ferrada rs.
O mais difícil nesses últimos dias está sendo controlar o pão, chego em casa muito tarde e quando percebo já comi, parece que na hora bate um branco e esqueço que estou precisando emagrecer, aí depois bate o arrependimento, e penso: poxa, era para ter tomado uma sopa.
Estou triste, pois eu sei que só vou conseguir se eu fizer exercícios físicos e com a minha rotina é praticamente impossível. Acordo muito cedo, durmo muito tarde, final de semana é corrido além de ser o único dia que tenho para aproveitar o namorido, aí que lasca, como muita tranqueira. Se bem que nas últimas vezes que saímos, optei por sanduíche natural e suco, embora eles tenham bastante caloria me pareceu uma escolha melhor do que pizza, mc donalds ou esfiha.
É isso aí, vocês blogueiras de R.A me incentivam muito… um grande. bjo




27/10/2010




Hoje vou falar um pouquinho sobre um dos meus filmes favoritos, Tropa de Elite.
Vou ser sincera, Tropa de Elite 1 foi o primeiro filme nacional que vi no cinema.
Eu achei que seria um filme que eu detestaria, mas pelo contrario, amei!
Tudo começou com aquela confusão que teve antes do Tropa de Elite 1 ser lançado no  cinema, ja tinha o filme pra download e a venda nos camêlos.
Uma pessoa que ja tinha assistido o filme nos dvds piratas da vida, vivia me
falando os bordões do filme e comentou a história do filme, isso tudo sem saber o nome do ator principal do filme, Wagner Moura, que eu simplesmente amo e acho lindo.
Então fomos pra pré-estreia do Tropa de Elite 1, eu completamente preconceituosa,  no caminho do cinema só pensava, eu detesto filme brasileiro.
Bom eu detestava filme brasileiro por causa do excesso de palavrões e que sempre não perdiam a chance de mostrar o peitinho de alguma atriz global.
Quando vi o cartaz do filme com a foto do Wagner Moura ja fiquei feliz, pelo menos o ator é ótimo e lindo né! Parei em frente ao cartaz e suspirei por alguns segundos rs
Eu achei o filme maravilhoso, mudei completamente meu jeito de pensar sobre filmes  brasileiros, não vou dizer que não teve palavrões, claro que teve mas dentro do  contexto e da realidade que estava sendo mostrada.
Depois de Tropa de Elite pode dizer que me abri pro cinema nacional e já assisti  vários filmes. Indico pra vocês assistirem Deus é Brasileiro, Parada 174 e Meu nome não é Johnny
Esse final de semana assisti Tropa de Elite 2, Capitão Nascimento, agora Coronel,  está maravilhoso e muito heroi no filme.
Só senti falta de bordões de impacto do Tropa de Elite 1.
Tropa de Elite 2 se tornou a maior bilheteria nacional da última década

Como alguem disse no Twitter essa semana “É Deus no Céu e Capitão Nascimento na Terra”.
E vou assistir de novo porque ganhei ingressos numa promoção da Net Tv.
E ai ja assistiram? Curtem o cinema nacional?
Beijinhos e ate o proximo post!
Dani




26/10/2010



hauhauahuahua, vamos votar direeeito minha gente…