22/07/2011






Oláaaaa garotas da R.A, tudo bem ?
Mais uma sexta feira arrasando os nossos corações hehehehe.
Posso dizer que esta semana foi bem animadora, as dores da cirurgia diminuíram bastante, e portanto, estou conseguindo aproveitar melhor as minhas férias. Ainda tenho duas semanas para ficar de bunda pra cima, então, rss, só alegria.
Conto a vocês que a cirurgia não foi nada fácil, e pra ser sincera eu me assustei com o pós-operatório. Jamais passou pela minha cabeça que eu iria sentir tanta dor daquele jeito. O primeiro dia em casa, no dia 05 de julho foi um alívio, chegar em casa e deitar no sofá com várias cobertas quentinhas naquele frio, aiii que delicia. Me senti aliviada, porém, como felicidade de pobre dura pouco, logo o drama começou, uma dor nas costas terríiiiiivel, que se estendeu por dias. Não dava pra deitar de lado, nem do outro e muito menos ficar em pé, eu precisava ficar deitada, pois estava me sentindo muito cansada. Então, o jeito foi fazer conforme a recomendação, tomar todos os medicamentos (ao total 5) no horário certinho e esperar a dor passar. Olha foi difícil os primeiros dias.
Hoje menos inchada, estou pesando 82 kgs. Usando a cinta M já não me sufocando mais rs, estou usando o último botão, logo, logo vou mandar apertar. Não emagreci, fiquei triste, mas a fisio disse que é normal devido ao meu inchaço.

Essa semana consegui controlar a ingestão do pãozinho francês a noite, isso é um grande problema na minha vida, acostumei chegar da faculdade e comer um. Preciso retirar isso de vez da minha rotina. Vacilei alguns dias atacando o doce-de-leite caseiro que a minha prima trouxe da viagem, é tão delicioso que acabei não resistindo e meti o colherzão no pote, mas já me arrependi rs, e prometi não pegar mais.
Tenho bebido bastante água, cerca de 2 litros por dia.

Ví em uma matéria pontos importantes para o emagrecimento e estabeleci como rotina. Espero que ajude a você também:
1 – Primeiro é comer pouco. Estou controlando a quantidade de comida que coloco no prato, principalmente o arroz, deixando mais espaço para a salada. Coisa meio difícil, pois oooodeio saladas. Então, primeiro começo colocando a salada no prato, já que sou obrigada rsss, o que sobrar pensando sempre no pouco, coloco arroz, um pouco de feijão e a carne. Parei com esse negócio também de colocar batata-frita, polenta, purê de batata, mini-coxinha e mais inferninhos que tem em restaurantes. Sabe o que é ter que almoçar fora todos os dias e ver esses inferninhos espalhados chamando por você, coma-me coma-me coma-me. Aiiii, não quero mais, vou comer apenas o essencial, arroz, feijão e carne branca ou vermelha.

2 – Segundo, é tentar convencer a minha mãe a diminuir o sal. O sal contribui e muito com a retenção de líquidos e eu sou alvo fácil. Quero aproveitar ao máximo essas sessões de drenagem que estou fazendo e ainda quero continuar a fazer, pelo menos uma sessão por semana.

3 – Estou comendo em vários momentos do dia. Quanto mais tempo a gente fica sem comer, maior é a quantidade de cortisol (hormônio do stress) liberado, o que aumenta o tecido adiposo na área abdominal. Olha eu aí, tinha uma pança enorme e não quero de volta não rsss. Então entre uma refeição e outra estou ingerindo frutas, bolacha de água e sal, torradas, água de coco, sei lá, tudo o que é leve e saudável.

4 – Estou evitando os doces. Como sou chocólatra assumida, essa etapa está sendo bem difícil, então deixei o sábado como o dia oficial do chocolate, se der vontade de comer no sábado eu como, se não eu reservo o dia para domingo ou segunda-feira. Mas apenas uma barrinha.

5 – Como tenho problema de intestino preguiçoso, aprendi que pra emagrecer ele tem que trabalhar e muito. Então estou tentando ingerir mais fibras.

É isso aí, vamos ver essa semaninha como vamos agir.
Cortar o pão francês da noite e não beliscar os doces que porventura surgirem.

Veja também: Comer Fibras pode ajudar a emagrecer





15/07/2011





Sexta feira é dia de R.A e aqui estou eu. Na luta, na batalha e junto com vocês.
Neste período de julho eu não resisti e caí na faca, fiz lipoaspiração no dia 04 de julho e posso contar que mesmo inchada o resultado já é bastante satisfatório. Então, agora mais do que nunca preciso focar em uma vida saudável, focar na academia, nas caminhadas no parque no final de semana, e na boa alimentação, eliminando tudo que é porcaria.


Eu li nos últimos dias uma entrevista da Angélica, falando sobre sua vida profissional e pessoal. Quem não se lembra dela antigamente ? Cheiinha, gordinha, pernas grossas, rostinho inchado? Eu lembro muito bem. Porque a cada vez que olho para a Angélica e a vejo magrinha daquele jeito é um estímulo na minha vida. Embora, não devíamos levar em consideração as pessoas famosas como estímulo, porque dinheiro ajuda e muito, olha eu aqui. Bastou soltar uma grana boa, que 80% da minha barriga já foi embora.
Angélica hoje está linda, e conforme ela diz: “a cinturinha fina exige muito suor”. Além de malhar e correr no mínimo três dias por semana, faz pilates e drenagem linfática duas vezes. Também é muito cuidadosa com a alimentação. Excluiu do cardápio a carne e hoje só se alimenta de peixe.

Eu queria muito fazer drenagens pelo menos duas vezes na semana, vou ver se em agosto consigo reservar uma grana para isso. As drenagens iriam me ajudar muito pois, tenho retenção de líquidos, não posso ficar parada. Pilates já não gosto, mas academia estou fazendo, embora, tenha ficado mais de dois meses sem freqüentar. Mas pretendo também como próxima meta, ir para academia independente do cansaço por causa da faculdade. Como disse a própria Angélica, a cinturinha fina exige muito suor.


E ainda conforme a apresentadora, ela diz:
.Vá atrás do que quer
.Não tenha medo de errar, e comece de novo quando isso acontecer
.Treine o desapego e aprenda a se reinventar
.Desenvolva a espiritualidade, fonte de força e equilíbrio.
.Respeite-se e ouça o seu coração.
.Seja flexível
.Cuide da sua saúde e da sua beleza.
.Divirta-se com o seu companheiro e com seu filhos
.Ame a sua vida.


Então vamos lá !
Mais um final de semana para se controlar.
Até agora o que eu pequei foi ter beliscado algumas bolachinhas recheadas, mas já estou trabalhando nisso.
Xôoooo porcaria.


Dica: Revista Máxima




27/04/2011

O Step é uma das modalidades mais procuradas nas academias, eu adoro.
Pra falar verdade comecei a gostar das aulas de Step depois que pratiquei bastante. No começo é bem complicado, só com a pratica pra pegar o jeito da aula.
O Step pratica-se subindo e descendo de uma plataforma formando uma coreografia.
É o tipo de aula que não da pra praticar se você não está bem, sabe aqueles dias que sua mente esta em Marte? Então não vá para aula nesses dias!
A aula exige concentração e coordenação pra executar os movimentos. Lá na academia já vi gente caindo, tropeçando, varios micos.
Há três niveis de aula: básico, intermediário e avançado.
Eu participo de uma turma onde a professora envolve os 3 niveis dependendo dos alunos que estão na aula, se na aula tem bastante novatos, as coreografias são básicas pra todo mundo acompanhar, se a maioria já está praticando a mais tempo, temos uma aula avançada cheia de giros.
Os benefícios da aula de Step são:
* Desenvolvimento da coordenação, do ritmo, da memória, da capacidade de reação e velocidade.
* Aumento da Resistência
* E uma grande queima calórica por ser uma atividade aerobica.
Sem esquecer que o movimento de subir e descer fortalece o bumbum e as pernas.