25/01/2011

“Nunca, jamais se esqueça que quem não se mexe fica flácida, engorda e ainda aparenta ter mais idade do que realmente tem”.


Eu fiz academia durante dois meses e parei, o meu maior desânimo na época foi o fato de ter que ir sozinha, você precisa estar bem motivada pra sair de casa tendo em mente que você vai correr na esteira, andar de bicicleta, fazer aula de abdominal e ainda malhar o braço, ufsss… já desânimava e pensava, ai amanhã eu vou. Fora que no inicio tudo é uma merda, você não sabe como funciona, e ainda tem a impressão de que as pessoas tratam você como uma intrusa, ninguém pergunta pra você se precisa de algo, ou se sabe até mesmo como ligar a esteira. A maratona da academia já começa na busca do instrutor, siiiiim, porque se você faz a matricula em uma academia de fundo de quintal (porque é baratinha) na idéia de que você vai apenas usar a esteira e fazer algumas aulinhas de musculação, você se ferra.
É um professor para 50 alunos. Aí minha filha, o trauma já foi instalado, eu não vou mais e fica tudo para o ano que vem.

Neste ano comecei diferente, me matriculei em uma academia decente. Custou caro ? Sim, muito, porque além de sair a grana do bolso eu estou acordando às 5hs da manhã para conseguir malhar pelo menos uma hora e meia por dia. O melhor de tudo é que o plano é de 12 meses, ou seja, já está pago um ano. Pode fazer chuva, ter greve de ônibus, seja o que for, mas às 6hs da manhã eu tenho que estar em cima daquela esteira. Rs
A academia eu simplesmente me apaixonei, é um andar para cada segmento, com diversos instrutores e o ar climatizado (delicia), no banheiro três secadores e uma chapinha para as neuróticas do cabelo liso. A ducha é sensacional, após uma hora de bio boxe, tudo o que eu mais quero é entrar naquela água quase gelada e relaxar até a mente. Na parte da manhã ela é bem tranqüila, é tão tranqüila que ás 6:30 da manhã só tem eu e mais uma correndo na esteira. Nesta segunda, véspera de feriado ganhei uma personal na aula de bio bike, só tinha eu e uma amiga para fazer a aula, então imagina a potência, cheguei no trabalho com as pernas moooole rsss.

Então é isso, eu queria dizer que nada é impossível, é sim muuuito difícil, mas eu fiz uma escolha. Prefiro dormir pouco e passar o dia agitada e feliz, do que ter duas horas de sono a mais, porém triste ao comprar uma calça ou uma bermuda e perceber que a minha perna está ficando flácida.


Na rua eu olhava para algumas mulheres que tem o corpo que eu gostaria de ter e falo: “ai que vagabunda” rssss, mas hoje eu sei porque essas “vagaba” (modo de falar né) tem esse corpo bacana. Estão lá na academia correndo na esteira, fazendo aula de body pump, se matando no abdominal. Depois que vi eu percebi que se eu quero mesmo, tenho que fazer sacrificios.

Dicas: Site da Academia Bio Ritmo